Controlando o Zone Read

O zone read é um dos esquemas de corrida mais populares do FA mundial. A ideia de ler a movimentação do jogador mais externo da linha defensiva durante o mesh do QB com o RB é muito boa, pois tira um defensor da jogada sem bloqueá-lo. A intenção é sempre fazer este defensor “errar” e deixar a bola nas mãos do jogador que ele escolheu não defender. Porém, a defesa pode escolher quem fica com a bola e ditar a decisão do QB, ajustando seu run fit ao jogador que ela quer que seja o ball carrier.

Nosso gameplan para este jogo era colocar a bola nas mãos do QB em caso de zone read, pois teríamos números melhores para defender a corrida dele em caso de keep. A situação é 1st & 10 no primeiro quarto do jogo entre Canoas Bulls x Bulldogs FA, válido pela Copa Sul 2018. Nosso End é o responsável pelo gap C, mas, em caso de down block do Tackle, ele deve “deletar” o gap B, indo em direção ao RB e forçando o QB a manter a bola. O Mike tem a mesma leitura de down block, já que é responsável pelo gap B e o Tackle faz parte da sua leitura. Como o End deleta o gap B, ele pode substituí-lo no lado de fora da linha, já que ele sabe que o QB ficará com a bola.

O Nickel está em apex com o Tackle e o #2 (dividindo a distância entre eles) e também tem seus olhos no OT. Assim que ele vê o down block, ele imediatamente reage à corrida do QB. O nosso número extra é o Free, que vai fazer o seu fit de acordo com o que o Nickel faz na jogada. Como o Nickel consegue ganhar a frente do #2, o Free ocupa o espaço entre o #2 e o #1 para chegar na jogada caso necessário. Se o #2 fizesse o scoop no Nickel e o mantivesse para o lado de fora do campo, o Free ocuparia o espaço entre o #2 e o nosso End.

Se a intenção fosse deixar a bola nas mãos do RB, o End manteria seus ombros paralelos à linha, ao mesmo tempo em que fecha o espaço deixado pelo Tackle em seu down block, forçando o give, mas, estando em posição de defender o QB, caso ele fique a bola. O Mike, então, deve manter seus olhos no gap B e encontrar o RB para fazer o “espelho”, realizando o fit onde a corrida acontecer. Veja o vídeo da jogada:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: